Alienar-me-ei

image_pdfimage_print

Alienar-me-ei

Não sei se conseguirei

Mas tentarei

Senão, saúde já não mais terei

 

Fuga da realidade?

Talvez da minha própria personalidade

O fato, já não tenho mais idade

Para tanta insanidade

Lutei, briguei, cansei

Discuti, convenci?

Desisti?

Mas e daí?

 

Daí que a vida segue

E você percebe que resistir talvez te cegue

Egoísmo? Escapismo? Talvez leniência?

Creio que sobrevivência.

 

Deixar de lutar?

Não, apenas outra forma encontrar

Sem em confrontos entrar

Porém ainda extrapolar

 

A maldade me dói

E a alma corrói

Clamor, horror, torpor

Falta é o amor

 

Não sei se conseguirei

Mas tentarei

Esforçarei

Alienar-me-ei

Comente com o Facebook
Facebooktwittergoogle_pluslinkedin
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutube
Social tagging: > > > > > >

Comments are closed.