E a Vida Segue seu Curso

Facebooktwitter
image_pdfimage_print

O dia começou da mesma forma a muitos outros, Augusto e Tereza, pais do Vitor, despertaram primeiro, aprontaram um bom café da manhã e, logo em seguida, Vitor também se juntou. A família estava reunida, numa cena típica de todas as famílias, os pais começaram a contar ao filho sobre a viagem que haviam feito, a experiência fantástica que foi viajar para outros planetas, no quanto puderam aprender e o quanto isso trouxe a eles em novos conhecimentos.

– Pai, minha experiência aqui também foi muito boa. Tive uma série de conversas com meu nonno, coisas muito importantes sobre a história da humanidade, consegui entender muito melhor tudo o que passamos até chegar aos dias de hoje.

– Que ótimo, meu filho, muito bom e fico muito feliz em saber que passou parte do seu tempo com seu avô, pois vocês sempre se entenderam muito bem, são almas muito ligadas e isso me deixa muito contente.

– É verdade, pai! O seu pai, meu nonno, é uma pessoa que admiro muito, uma pessoa por quem tenho muito respeito e carinho.

Augusto e Tereza trocaram olhares, pois na viagem que haviam feito, entre muitas outras coisas, também aproveitaram para buscar algumas respostas e essa forte ligação entre os dois foi algo que eles quiseram entender melhor. Nessa viagem eles puderam compreender muito melhor o ciclo da vida, o processo de evolução e a sucessão das vidas de cada indivíduo, sempre rumo ao seu crescimento.

Através de muitos estudos e experimentos eles compreenderam que cada pessoa, assim como já era do entendimento de todos, era um pouquinho do próprio universo, que tinha por objetivo evoluir constantemente, sempre buscando o aprimoramento. Esse aprimoramento não seria possível numa única vida e eles também já tinham o pleno conhecimento de que outras dimensões existiam, que a vida era um processo ininterrupto e que a pessoa apenas mudava de corpo e de planeta, mas era único e em constante processo evolutivo.

Todo esse conhecimento, principalmente no início dos estudos e das formulações dessas teorias, foi muito questionado, não aceito, mas com a evolução tecnológica foi possível comprovar a autenticidade dessas teorias, ou seja, nós temos sim uma única vida, mas a vivemos em vários estágios, em diversos planetas e dimensões e o conhecimento que vamos acumulando ao longo dessas experiências fazem o que realmente somos.

Nesse momento foram interrompidos pelo alerta emitido pela central de monitoramento da casa. O sr. Orlando havia emitido um pedido para que seu filho, Augusto, comparecesse na sua casa. Assim que a mensagem foi recebida, Augusto, seu filho, já sabia do que se tratava. Ele falou alguma coisa com sua esposa, mãe do Vitor, deu um beijo nela e em seu filho e saiu.

Ao chegar à casa do seu pai, Augusto encontrou a porta já aberta e foi entrando, constatando aquilo que já sabia. O sr. Orlando estava sentado em sua poltrona, confortavelmente acomodado, olhando para o alto, como se buscando alguma coisa ou agradecendo por algo, com uma expressão que demonstrava um leve sorriso,  já sem nenhum sinal vital.

Sem qualquer desespero, Augusto fechou os olhos do seu pai, acariciou a sua face, deu um beijo em sua testa, em sinal de respeito e o agradeceu pela sua vida, por todo o ensinamento que ele havia lhe transmitido, pelo pai exemplar que sempre foi, pelo marido que havia sido, por muitos anos, para a sua mãe, que já havia partido alguns anos antes. Algumas lágrimas também lhe escorreram a face, demonstrando toda a sua gratidão e amor, mas ele sabia que seu pai havia fechado mais um ciclo no seu processo evolutivo, que naquele mundo ele já havia aprendido tudo o que havia para ser aprendido e, agora, numa nova etapa, continuaria sua caminhada em outras dimensões.

Ao receber a notícia, como era de se esperar, Vitor também ficou por alguns minutos reflexivo, pensando em tudo o que tinham vivido nos últimos dias e nesse momento ele se lembrou e entendeu o sentimento que teve, no último dia em que esteve com seu nonno. Era o fim de um ciclo, não só do ciclo das conversas, mas o fim do ciclo da vida do seu nonno naquele mundo e um pensamento lhe veio a mente: Ele já sabia! Alguns gestos e palavras do seu nonno lhe vieram ao pensamento e ele teve certeza disso, seu nonno sabia que estava muito próximo de seguir sua vida em outros mundos, mas quis lhe deixar mais alguns ensinamentos, mais algumas lições, que ele levaria para toda a vida, que ele transmitiria ao maior número de pessoas que conseguisse, mas acima de tudo, que ele vivenciaria, honrando a memória e os ensinamentos do seu querido nonno.

A cerimônia de cremação, como era costume, foi muito rápida, com a presença dos familiares e dos amigos, todos envoltos pelo mesmo sentimento de gratidão e respeito, mas sem sofrimento, pelo contrário, desejando ao ente querido, ao amigo, que continuasse e seguisse sua vida, onde quer que fosse.

Foi o próprio Vitor quem se encarregou de jogar as cinzas do seu nonno no jardim central, local de tantas conversas e bons momentos, portanto, não poderia ser feito em qualquer outro lugar. Ele escolheu a árvore onde muitas vezes se sentaram e conversaram e lá, com muito respeito, depositou as cinzas do seu querido nonno.

Naquele mesmo dia, Augusto e Tereza conversaram muito, mas decidiram que não era hora de revelar ao seu filho o que haviam descoberto, resolveram deixar que a vida seguisse seu caminho e que, em algum momento, quando fosse a hora certa, o próprio Vitor descobriria que seu nonno, tão querido, na verdade era o próprio Giuseppe  e que ele, Vitor, era a própria Francisca, mas esse era o tipo de coisa que não se conta do nada e ele saberia e teria meios para chegar a essa conclusão, por si só.

Vitor retomou seus estudos, seus pais seguiram suas vidas e tudo continuou normalmente, é a vida seguindo seu curso, natural e irrevogável curso evolutivo.

FIM

 

Gostou desse livro? Deixe suas sugestões, críticas e opiniões através dos comentários ou, se preferir, em nosso Fale Conosco!

clube_autores_compre

Se você gostou da história e quiser contribuir com o autor, faça sua doação pelo botão do PagSeguro, logo abaixo.

Toda doação é bem vinda e agradeço de coração!


Comente com o Facebook
Facebooktwitter

One comment

Leave a Reply